O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Quem prefere ver na liderança da Comunicação do SL Benfica?

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Que nome se dá a quem se incrimina em público?

Avatar
 ●  + Sem comentários  ● 

Respostas cirúrgicas e que desafiam os mentirosos. E sem precisarem da "Comunicação".

Avatar
 ●  + 41 comentários  ● 

Rui Gomes da Silva:
"Medíocres, petulantes, insolventes ... palhaços - ricos uns, pobres outros - de um circo que teima em não ter dinheiro para lhes pagar as figuras que fazem.

Por isso ... porque eles não compreendem outra linguagem nem outro caminho ... deixo sempre o meu apelo, para “estas coisas”: olho por olho, dente por dente.

Aqui, e porque de futebol se trata, também a melhor defesa é o ataque!

Já agora, para terminar, o conteúdo daquele mail não corresponde à verdade! Como outros documentos que já apareceram!

Desafio-os - até - a meterem-me uma ação por lhes chamar aqui ... mentirosos!

Ponto final no assunto!" - Crónica semanal no NGB.

João Correia:
"Queremos saber a verdade. Não temos os emails, não sei se são verdadeiros ou falsos. Não sei, nem quero saber. Quero é saber se aquilo é verdadeiro ou falso. É verdade que o Benfica obteve resultados desportivos por virtude de corrupção, coacção?

Algum resultado foi obtido através de coacção? De corrupção? De sedução? De influências perversas e excessivas relativamente a agentes desportivos? Se sim, o Benfica tem de ser punido. Se não, quem é que vai ser punido? Este é o desafio que nós, juristas, lançamos. Investigue-se se algum resultado foi obtido por via de coacção, trafico de influências, sedução, qual o meio perverso

Venham a esta casa e verifiquem se o que é divulgado corresponde à verdade. Aquilo que interessa verdadeiramente para o mundo e indústria do futebol é se aqueles emails têm correspondência com a prática de crimes e se esses crimes existem". - Record.

Equipa que acredita no seu treinador corre SEMPRE. Se baixou os braços é porque perdeu a crença!

Avatar
 ●  + 52 comentários  ● 
Não posso evidentemente concordar com todos aqueles que pretendem colocar o ónus das culpas neste péssimo início de época nos jogadores.

E muito menos quando dizem que quando não ganham é porque são Primas Donas, que deixaram de correr e se cansaram de ganhar!

E muito mas muito menos ainda quando se quer dar a ideia de querer fazer uma análise sustentada e realista ao momento do Benfica mas, passando por tudo ignorando o papel do treinador e do Presidente neste problema, passando estes quase como vítimas colaterais de uma espécie de um complot que surgiu no balneário sem que ninguém explique porquê!

O treinador está portanto a salvo da crítica porque... Ah é Bi-Campeão Nacional, ou seja, a sua competência nem merece ser discutida...

E o plantel Tetra-Campeão Nacional?! Estes é que ainda têm de provar a sua vontade, a sua abnegação, o seu brio?! Se é essa a tese que querem passar, terão de facto em mim sempre um fiel opositor, até porque, não vejo de facto o Benfica a não correr, não vejo o Jonas com menos vontade de ganhar do que sempre vi, não vejo o Rafa a não querer fazer as coisas bem (mesmo que faça tudo mal), não vejo o Fejsa a não deixar tudo em campo embora esteja preso por arames, e o Luisão, querem-me fazer crer que tem estado mal porque perdeu a vontade de estar bem?

E alguns "cepos" que por lá andam?! O problema é os cepos não correrem?! Basta correrem para se transformarem em bons jogadores de futebol e ganhar jogos?!

Em suma, não vejo o Benfica a não querer. O que vejo é uma equipa muitíssimo descrente, muitíssimo desconfiada, com muitíssimas deficiências, e com uma pressão imensa nos seus ombros porque perceberam bem cedo que as expetativas sobre eles este ano estavam desfasadas da realidade! E isso é um pecado capital no futebol, a gestão das expetativas, quando os jogadores são os primeiros a NÃO ACREDITAR e a saber que a sua sina está traçada e que no fim vai sobrar para eles!

Achar-se que tudo se resume a correr ou não correr é perceber muito pouco disto e achar-se que nos jogadores o aspeto anímico não conta, que a TRAPALHADA, e digo TRAPALHADA para não chamar TRAMPA, TRAMPA DA GROSSA, AMADORA MESMO que foi o planeamento desta época não é também percebido pelos jogadores. Os adeptos sentiram (os lúcidos e que não vivem em negação pelo menos), e os jogadores não sentem?!

Chegamos a Outubro ainda em regime de pré-época e a testar soluções, chegamos a Outubro finalmente à procura de reforços para Janeiro que todos sabiam já ser precisos para Julho último, chegamos a Outubro claramente conscientes de que o plantel construído não está à altura dos pergaminhos do clube, e a culpa é dos jogadores TETRA-CAMPEÕES (ou os que SOBRARAM deles)?! Os jogadores que NADA DECIDEM, que COMEM E CALAM, e que quando PERDEM são eles que não correm, estes é que têm a culpa?!

E o treinador, nada?!

Mas porra! Este Benfica tem fio de jogo?! Este Benfica tem uma ideia vinda do banco?! Este Benfica que anda há meses seguidos, jogo após jogo incapaz de vencer UMA batalha de meio campo e continua a jogar SEMPRE da mesma maneira, sempre na mesma fórmula já GASTA, e a culpa é dos jogadores?!

Então mas assumindo que no Benfica há, como alguns dizem, Red Pass Relvado, isso é assumir que a culpa é de quem? E se há adeptos a sentir isso, o que dizer SE os jogadores sentirem o mesmo? Que mossa causa isso no grupo?

Então mas vêm para aqui criticar os jogadores e achar que não jogam os melhores, e o treinador, NADA? O treinador não tem nada a ver com o facto de jogarem os “piores” (segundo eles)?!

A teoria é portanto que o Benfica não ganha porque os jogadores não correm? Que meter o Diogo por exemplo no lugar do Rafa vai trazer mais VONTADE?! Mas o Rafa não tem vontade? Não corre? Não sua a camisola? E se calhar também não olha para o banco a desejar que no banco estivesse alguém capaz de o ajudar e fazer alguma coisa dele, e nada vê?

Aquilo que eu acredito?

1. Em primeiro lugar a verdade de la Palisse: Se o Benfica não ganha porque os jogadores não correm, o treinador tem SEMPRE responsabilidade nisto! Equipa que acredita no seu treinador corre SEMPRE. Se baixou os braços é porque perdeu a crença!

2. Em segundo lugar, se alguns dos críticos estiverem certos e que no Benfica há mesmo um Red Pass relvado, o treinador há muito que perdeu a confiança dos jogadores. E se perdeu, CAPUT, acabou! Hora de sair e vir outro.

3. O óbvio, que se o plantel apresenta GRANDES deficiências (anunciadas em devido tempo, só os entendidos não viram), isso é culpa de quem? Dos jogadores?!

Foram os jogadores, que podendo vender meio Jimenez por 25 milhões preferiram vender Mitroglou?! O que diz isso de quem tomou essa desastrosa decisão? Se LFV tivesse um pingo de vergonha nem confessava uma coisa dessas! O pior que pode acontecer em qualquer grupo é este sentir que quem o lidera não percebe nada daquilo!

E não podia acabar esta análise, claro, sem referir as INÚMERAS culpas no cartório da Direção nesta situação. A Direção que achou que o plantel e o treinador eram coisas menores, porque a FAMOSA ESTRUTURA É que ganha campeonatos!

A FAMOSA ESTRUTURA... liderada por esse génio do futebol de nome... Luís Filipe Vieira!

E sobre esta ideia quero apenas lembrar o que Carlos Pereira disse numa entrevista ao Expresso esta última semana:

O Luís Filipe Vieira é uma personagem que apareceu e que eu conheci ainda como empresário dos pneus, que depois foi para o Alverca e tem uma visão mais larga, que fez a transformação que se vê no Benfica. Eu não sei se ele conhece muito de futebol, mas conhece muito de negócio e soube rodear-se de uma figura que não se conhece que é o Domingos Soares de Oliveira e de uma outra figura que é o Paulo Gonçalves, que têm feito de Luís Filipe Vieira um grande presidente.”

E isto resume tudo o que aqui defendo há anos: Bem sei que as luzes da ribalta são tentadoras mas, Luís Filipe Vieira que regresse ao gabinete, que dispa o fato de treino e abandone o Seixal, que gira o futebol como gere as modalidades (criando as condições do sucesso mas decidindo ZERO no terreno) e que deixe a gestão do futebol para quem sabe!


segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Exclusivo: "Os bons malandros...e os maus canalhas." - por Rui Gomes da Silva.

Avatar
 ●  + 62 comentários  ● 

1. OS BONS MALANDROS ... E OS MAUS CANALHAS

Eu sei que, eles, os que agora debitam sobre o que escrevo e o que penso - com raríssimas exceções - não leram mais do que “Os Maias” ... todos juntos!

Devia por isso, não lhes ligar ... ligando a quem me diz para não me cansar com quem “só diz o que lhes mandam dizer”, com quem “só é capaz de prever o que já aconteceu”! Coitados!

Não é por isso, para eles lerem mas para alguém, que saiba ler, ler e lhes explicar.

Porque há um livro - que eles nem sonham dar-se ao trabalho de ler - embora, como bons “intelectuais”, já ... tenham ouvido falar, “A Crónica dos Bons Malandros", de que me lembro, quando os ouço debitar sentenças do alto do seu ... “ódio ao Benfica”!

Não exatamente como bons malandros, que não o são, mas como maus canalhas, que se fartam de o ser!

Nessa história de Mário Zambujal (grande benfiquista, para que conste), também há uma “pequena quadrilha” que tenta roubar (obras de arte, na Gulbenkian).

Nela, nessa “Crónica ...”, também há um rapazinho de aldeia, ignorante da História Pátria, mas reconhecido lutador contra a "ditadura da Couve Lombarda"(a professora). Tentando ser um justiceiro, como Miguel Cervantes tentou imaginar D. Quixote ... consideradas as devidas distâncias!

Mas Mário Zambujal - num exercício de premonição extraordinária - não se fica por aqui.

Quem revisitar o livro, lá encontrará o quadro vivo de outros quadros da miséria moral que conhecemos. 

Lá encontrarão ... Flávio, o doutor, ... Arnaldo, o figurante, ... Adelaide, a prostituta, ... entre tantos outros.

A história da quadrilha termina, essencialmente, com o fracasso do plano.
Como todas as histórias ... que não são mais que meras transcrições da realidade!

2. UM “MAIL” CHEIO DE NADA, OUTRO DE COISA NENHUMA

Eu sei que não leram ... mas não lhes fazia mal ler ... “Uma mão cheia de nada, outra de coisa nenhuma”, de Irene Lisboa.

Mas talvez pelo título (que esforço, rapaziada ... então este com tantas palavras) percebam que é com o que vão ficar, depois dos últimos "episódios da vida romântica" do futebol português!

Com nada e coisa nenhuma!

É verdade que, tal como o “bando” na “Crónica dos Bons Malandros”, querem "espantar o mundo" fazendo história ... quando a história nem sabe que existem.

Por isso me vieram à memória os livros em causa, pelo cenário e alarido das histórias, num crescendo digno de um qualquer final de Hitchcock (não, não é o ex jogador do QPR) ao ouvir falar do "caso dos e-mails" - a que já ninguém liga, por tão absurdo.

Mas, ainda assim, insistem em brindar-nos, a cada terça feira, com «pérolas» como a que me dizem ter referido na semana passada.

Dizem que, na última "divulgação" e depois de muita "imbestigação", apresentaram um e-mail meu.

Um e-mail onde, alegadamente, faço um comentário objetivo à atuação de um comentador, ex-árbitro, curiosamente, reza a história, dos que - por factos objetivos - mais odeiam o Benfica!

Saiu-lhes a "sorte grande", porque, finalmente, conseguem voltar a falar de mim. Como se isso me incomodasse!

Como se me preocupasse com as campanhas pintadas de azul de um canal regional de televisão, de um jornal regional armado em genérico e de um jornal desportivo que parece (e é) o jornal oficioso de um determinado clube!

Não leio, não ouço nem vejo o que “uns e outros”, de forma tão odienta, escrevem e dizem de mim!

Só percebo que, ao criticarem-me e por me criticarem, me indicam que vou no caminho certo.

Mas, já agora, e para encerrar o assunto, posso dizer que o tal Viriato de Viseu (a propósito, leiam ... os que souberem e conseguirem ... um dos livros mais fantásticos que da atual literatura portuguesa, ... «A voz dos Deuses», de João Aguiar), que terá enviado o tal mail, existe, é benfiquista, e tem como principal objetivo, voltar ao Marquês (embora ele, como tantos outros, ande muito cético sobre isso).

Não é advogado, não é político, ... apenas benfiquista (o que para muitos ... é quase tudo).

Já agora, para terminar, o conteúdo daquele mail não corresponde à verdade! Como outros documentos que já apareceram!

Desafio-os - até - a meterem-me uma ação por lhes chamar aqui ... mentirosos!

Ponto final no assunto!

3. A CAMBADA

Compreendo a insistência.
Acham eles que os resultados, no campo, são a expressão e o resultado da sua estratégia.
Como estão enganados. Pelo contrário!

A estratégia só parece estar certa porque os resultados do Benfica, no campo, têm sido os que conhecemos.

Não os qualificando, apenas me limito a constatá-los!

Já sabemos que a vida deles começa e acaba no Benfica.

Por isso ... ou talvez não ... me recordei de um texto de Vera Lagoa, pseudónimo de Maria Armanda Falcão, figura que não deixava ninguém indiferente no Portugal pós Revolução de Abril.

No “Diabo” ou no “Sol”, o de então, ou, depois, em “A Cambada" (crónicas da Liberdade), num combate sem quartel à mediocridade e à petulância.

Tal como agora, nos exigem, a nós, no Benfica!

Para - todos - combatermos esta guerra de medíocres, petulantes, insolventes contra nós, Benfica!

4. NÃO GOSTO DE PALHAÇOS

Medíocres, petulantes, insolventes ... palhaços - ricos uns, pobres outros - de um circo que teima em não ter dinheiro para lhes pagar as figuras que fazem.

Já em “Os cinco e o circo”, de Enid Blyton - livro de uma coleção “devorada” nos meus tempos de escola primária em Viseu, pois então - descobrimos que “o circo tem pessoas muito desagradáveis, que parecem ter planos mais sinistros do que mostrar umas simples palhaçadas. Que planos serão esses?”

Sabemos - nós, agora - quais são esses planos, qual a motivação, qual a estratégia, sabemos até quem se predispõe a acompanha-los ... embora desses já quase ninguém queira saber!

Não gosto de circo, deste circo em que o transformaram os palhaços ricos e os palhaços pobres do futebol deste País.

Bem prega ... “Frei Fernando Gomes” ...

5. “OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE”

Por isso ... porque eles não compreendem outra linguagem nem outro caminho ... deixo sempre o meu apelo, para “estas coisas”: olho por olho, dente por dente.

Aqui, e porque de futebol se trata, também a melhor defesa é o ataque!

Por isso - com todo o respeito por quem imaginou e convenceu “o Benfica” dessa estratégia - não percebo como foi possível fazer passar a nossa defesa por uma qualquer providência cautelar ... com 0% de hipóteses de sucesso!

Temos, agora, de os ver festejar uma vitória sobre nada de uma providência cautelar onde - ao que parece - se pronunciaram ... sobre nada ...

E não saberiam que esse seria o resultado mais expectável?

Porque - não digam que não avisei - ou põem fim ao regresso do aburguesamento (até nas formas de combater os nossos adversários ... que não olham a meios para nos tentar derrotar) ou o penta ficará cada vez mais longe.

Há momentos em que temos que voltar às raízes.

Às raízes populares do nosso Benfica!

Rumo ao penta 37!
----------------------------------

(Rui Gomes da Silva escreve no NGB à segunda-feira)

Uma nota sobre a sondagem do NGB:

Avatar
 ●  + 64 comentários  ● 
É curioso, no mínimo, como no fim de semana Luis Bernardo passa de pouco mais de 20 votos no sábado para quase 230 votos.

Ou Pedro Guerra que soma quase 100 votos a mais nas últimas 18 horas.

Curioso...ou não!


domingo, 15 de outubro de 2017

O Benfica a quem quer jogar no Benfica!

Avatar
 ●  + 89 comentários  ● 

Não engana, meus caros! Diogo Gonçalves e João Carvalho têm lugar de caras neste Benfica! Sentem-se lá os milhões e as "vacas sagradas" que há gente que quer mostrar e fazer a diferença.

Comecemos pelo Svilar míudo da baliza! Um caso sério de maturidade... não foi muito colocado à prova, pelo que é cedo para tirar conclusões, mas aquele olhar frio e determinado, a passada rápida na saída dos postes, não engana! Temos ali guarda-redes... que talvez tenha que "entrar" mais cedo do que pensávamos. Continuo a pensar que "deixar cair" o Varela é um erro, porém tenho que admitir que o miudo transpira confiança... ao contrário do Bruno. E isso vale muito.

Num jogo que, como o Redmoon referiu, esteve longe muito longe de mostrar fosse o que fosse de positivo coletivamente, o grande "abanão" dado no jogo foi quando Diogo Gonçalves entrou em campo e, novamente, com o João Carvalho.

Temos muita qualidade naqueles dois meninos. Tenho que concordar com o Redmoon quando pede que o Diogo assuma a vaga do Rafa nos 18 e no campo, na mesma forma em que o Benfica tem que admitir que o Rafa é um daqueles jogadores que acusa a pressão como poucos. Nunca seria possível adivinhar...

O João Carvalho pode e deve ser a alternativa ao Krovinovic para jogar nas costas do ponta-de-lança. Desconstrua-se lá o 4-4-2 e coloque-se o Pizzi na ala direita e o Krovi nas costas do Jonas ou do Jimenez, enquanto o brasileiro não estiver em forma. O João Carvalho deve estar no banco a secundar qualquer oportunidade para rodar este esquema.

Nas alas não há grandes dúvidas: O Zivkovic ocupa a vaga em falta na esquerda e o Cervi fica com o Diogo no banco para o que der e vier. São mais do que opções para nem sequer ter que ser sempre assim, pois há que começar a ter coragem de dar espaço a Chris Willock para ser alternativa.

Isto irá permitir reforçar o meio campo com mais poder de sustentação do jogo, abrindo espaço para o Fejsa ter mais companhia, com Samaris a fazer o que melhor sabe: ser um 8.

Na linha defensiva, Ruben Dias e Luisão são, nesta fase a dupla mais consistente e que melhor encaixa... e se algum tiver que sair, não será seguramente o Ruben Dias. Na medida em que o Lisandro acumulou erros e falhas, Jardel não tem sido muito mais consistente e tarda em recuperar o tempo perdido. Para quando testar o Kalaica e ter a coragem de assumir que o Ruben e o Kalaica ultrapassaram os três "graduados"?

Nas linhas, quem muito ansiava por ter Douglas no lugar de André Almeida, espero que ontem tenha ficado esclarecido. Iremos com André Almeida até final do campeonato e até ao Marquês, como fomos com há dois anos. E na lateral oposta, desejamos o Grimaldo forte até final.

Olhando para isto, vemos um problema que requer uns tomates do tamanho da taça do Pentacampeonato: 

- Julio Cesar tem lugar na bancada ou na pior hipótese na sombra do míudo de 18 anos; entre Luisão, Jardel e Lisandro dois terão lugar na bancada e outro talvez só no banco; Salvio e Rafa terão lugar na bancada ou com sorte um vai ao banco; 

A pergunta que se coloca a Rui Vitória é simples: 

- QUER SER PENTA CAMPEÃO, MISTER?

Se a resposta é sim, terá que ter coragem e acabar com o que o Shadows (e bem) chama de RedPass Relvado daqueles a quem tenho chamado burgueses.

Isto porque o plantel do Benfica não é fraco... tem é em campo gente que pensa que se conquista um penta campeonato por decreto ou porque antes já conquistaram outras coisas.

Se a ideia este ano é quebrar o ciclo e refazer uma equipa, se corremos o risco de não vencer o campeonato... então que seja dando tudo e deixando em campo quem quer (e pode) fazê-lo!

TENHA CORAGEM MISTER! Senão, um homem e treinador de qualidade, sairá pela porta do esquecimento, tal com os burgueses a quem o mister atribui o RedPass Relvado.

sábado, 14 de outubro de 2017

Contra uma equipa com um pouco mais de qualidade, hoje tínhamos sido uma presa fácil

Avatar
 ●  + 64 comentários  ● 
Depois de mais de uma semana a ver as fotos da união dos jogadores do Benfica no Instagram, os anúncios da reviravolta que aí vem e o regresso do Benfica ganhador, esperava-se mais do jogo de hoje:

É preciso lembrar que defrontámos um adversário dos Campeonatos Nacionais e que tivemos ainda a felicidade de marcar um golo aos 2 minutos que tinha tudo para nos tranquilizar e fazer arrancar para uma grande partida mas...

Nada disso aconteceu.

Apresentámos um onze fraco? Longe disso! Na baliza entrou o guarda-redes que os Benfiquistas querem ver na baliza a breve prazo, na direita entrou a ÚNICA alternativa a André Almeida que existe no plantel e os Benfiquistas desesperam por essa alternativa, Gabigol entrou na ala, e Krovinovic entrou para o lugar de Jonas.

Resumindo, não foram mexidas para dar minutos. Foram mexidas para lançar as segundas linhas por que o Benfica desespera, no lugar daqueles que têm estado menos bem (à exceção de Jonas). Dar minutos teria sido lançar um Chrien ou um Diogo de início. O que o Benfica fez foi testar soluções para a equipa titular, já para os próximos jogos.

E foi fraco, tem de se dizer. Três ou quatro notas individuais:

Um tal de Jefferson deu água pela barba a Douglas e à defesa do Benfica. Cinco ou seis lances iguaizinhos, de um gajo que sem técnica por ai além, apenas a por a bola longa e a correr como uma gazela, criou variadissimos lances de perigo para o Olhanense, sem que uma equipa tetra-campeã nacional encontrasse o antídoto para uma fórmula BÁSICA.

Svilar, bem. Sem grande trabalho mas, o essencial era não tremer, e ele não tremeu. A termos de passar por algumas dores de crescimento é com este, e não com o Varela seguramente.

Krovinovic, sei que há aí vários a ver aqui um diamante. Confesso que até agora pouco vi de extraordinário. Tem técnica? Sim, ALGUMA. Mas falta-lhe intensidade e fez muitos passes disparatados. Para mim, até agora, a um nível muito mais baixo do que um Nuno Assis, para quem se lembrar deste rapaz.

Rafa?! Meus amigos, já chega! Há um Diogo Gonçalves para lançar. Rafa é emprestar ao Watford que o Marco Silva valoriza!

Passes falhados hoje? Muitíssimos. Momentos em que o meio campo de uma equipa que disputa um campeonato não profissional esteve por cima do jogo? Variadíssimos!

Ah, o Seferovic, já me esquecia deste! Há um mês pelo menos que não tem UMA jogada de jeito! Anda a viver dos créditos acumulados. Espero que não tenha sido um daqueles que jogou bem quando ninguém esperava nada dele e que agora com a pressão de saber que todos esperam muito dele, nunca mais dar uma para a caixa. 

Em resumo, este era um jogo que para o Benfica não era apenas para cumprir calendário. Tinha de servir para lavar a cara e dar animo aos adeptos para o que aí vem.

Animou alguém? A mim seguramente que não.

E já nem se trata de me questionar se temos alguns jogadores com alguma técnica. Isso temos seguramente. Mas uma boa equipa é muito mais que isso: Precisa de intensidade, precisa de concentração, precisa de estar equilibrada durante a maior parte do jogo, e ter no mínimo uma ideia de jogo que, a existir (e terá forçosamente de existir), não passa cá para fora. Às vezes dá a ideia que chegámos a meados de Outubro ainda na pré-época e a testar coisas, enquanto os nossos adversários há muito que sabem quem são e para onde vão!

E nós não somos nada isso! Se formos contabilizar os erros coletivos e individuais cometidos no jogo de hoje contra uma equipa de quarta divisão, os erros são às dezenas.


Contra uma equipa com um pouco mais de qualidade, hoje tínhamos sido uma presa fácil.

recentes

ranking

Em Defesa do Benfica